Central de Atendimento: (55) 9926-8434 de segunda à sexta, das 8h às 18h

#mercadoimobiliario. Primeiro andar ou cobertura? Escolha seu apartamento

Cada apartamento tem a sua vantagem e a sua desvantagem, basta você escolher qual se adequa mais com o seu perfil

Achar o imóvel perfeito é tarefa bastante trabalhosa, mas não há nada mais prazeroso do que encontrá-lo. Embora do lado de fora as torres dos prédios pareçam todas iguais, por dentro, cada apartamento é único. Entre vistas das janelas e escadas, estará o seu imóvel ideal.

As diferenças entre os apartamentos do térreo e dos andares superiores já começam pelos valores, que variam 30% (ou mais) entre apartamentos no mesmo prédio. A causa dessa diferença toda passa por vários fatores. Vamos ver alguns deles, para ajudar na sua escolha. Acompanhe:

No Térreo

terreo

Há quem prefira morar no térreo, ou nos andares mais baixos. Neles, a simpatia do possível morador já começa pelo preço. Os apartamentos em andares inferiores são os mais baratos.

Com poucos lances de escada entre a entrada do prédio e a porta de casa, moradores dos andares mais baixos são menos dependentes dos elevadores. Em prédios com poucos elevadores, principalmente de modelos mais antigos e lentos, isto é um grande benefício. Para famílias com crianças, o térreo tem a grande vantagem de uma visão mais ampla da rua, do playground, ou então das áreas de lazer que elas possam frequentar, aumentando a sensação de controle e segurança.

Entretanto, morar no térreo tem seus inconvenientes. As infiltrações costumam acontecer mais nestes pavimentos, assim como os problemas de estrutura, já que são a base do prédio. Além disso, o barulho da rua costuma ser mais incômodo, pela proximidade. Em ruas mais movimentadas, os barulhos de carros e pedestres farão parte da rotina.

Os imóveis mais novos já são planejados pensando nestes problemas. Para compensar o incômodo com o barulho algumas construtoras reforçam as paredes. Também como forma de recompensa por esses inconvenientes tem sido bastante recorrente a construção de imóveis térreos do tipo giardino, ou seja, que oferecem uma área privativa aberta ou então uma área de serviço estendida. Existem ainda os imóveis térreos com o pé direito mais elevado, criando a possibilidade da construção de um mezanino ou até mesmo um segundo andar.

Contudo, ainda que tenham alguns inconvenientes, eles costumam ser os melhores no seu custo-benefício e podem contar com alguns extras que os apartamentos mais altos não oferecem.

No Alto

cobertura

A vista de um apartamento em andar alto é vantagem incontestável, principalmente se houver um parque ou área verde próxima ao condomínio. Em grandes cidades, principalmente nos edifícios em que o hall de entrada dá direto para uma rua movimentada ou em área centralizada, ter um refúgio da correria que acontece lá fora é uma boa opção e, para alguns moradores, sinal de qualidade de vida.

Mesmo com preços mais salgados que dos andares mais baixos, os encantos destes apartamentos não param na vista. Lá em cima o barulho quase não existe e uma árvore plantada num jardim próximo pode vir a oferecer melodias de pássaros já na primeira hora da manhã. Os problemas com infiltrações não são exclusividade dos andares mais baixos, nas coberturas eles também existem, mas em frequência menor.

O grande problema de morar em andares mais altos é a dificuldade que eles trazem para fazer tarefas simples. Se o prédio tem elevador, esperar por ele quando se está atrasado para aquela reunião ou mesmo para buscar o filho na escola, pode significar a perda de minutos preciosos. Caso o prédio seja mais antigo, subir e descer quatro lances de escadas com seu cachorro na hora de passear pode ser complicado. Além das escadas, prédios mais antigos tem seu maquinário de bombas de água comumente instalados no terraço e a paz e silêncio do andar superior pode acabar no corredor mesmo.

Os novos empreendimentos também tem dado atenção especial aos andares altos. Como a vista é o principal atrativo, áreas abertas maiores são encontradas com bastante facilidade nesses imóveis. E não são raras as coberturas do tipo duplex, onde dois apartamentos ocupam a área mais alta, cada um com 180º de vista.

São apartamentos bastante diferentes entre si e a escolha do que se adequa melhor para você está intimamente ligada ao seu modo de vida e suas necessidades. Quando for visitar um apartamento do seu interesse imagine-se morando ali, recebendo seus amigos e sua família. Procure não fechar a negociação já na primeira visita e visite-o o máximo que puder e em horários alternados até ter certeza de que aquela é a sua casa! Boa sorte!

Tags: 



Fonte: http://www.imovelweb.com.br/noticias/primeiro-andar-ou-cobertura-escolha-seu-apartamento/


Postado Por: Alice Cavalheiro