Central de Atendimento: (55) 9926-8434 de segunda à sexta, das 8h às 18h

#perfeito. 3 dicas para decorar com plantas artificiais

Para quem não tem muito tempo para cuidar das plantas, apostar em arranjos artificiais é a melhor saída

Bonitas e de fácil manutenção, cada vez mais as plantas artificiais têm sido as escolhidas para decorar a casa. Versáteis, vão bem no hall, no corredor e, até mesmo, no centro da mesa de jantar.

Quer saber como decorar a sua casa com plantas artificiais? Confira algumas dicas que irão ajudá-lo a usá-las e aprenda a fazer um lindo arranjo.

Conheça as vantagens

Foi-se o tempo em que optar por plantas artificiais na decoração era considerado cafona. Hoje, essa escolha está super em alta. Não é à toa: as plantas artificiais são uma excelente alternativa para dar vida ao ambiente, sem que seja necessário dispender muitos cuidados ou muito tempo na sua manutenção. Além dos modelos estarem cada vez mais realistas.

Outro ponto relevante é que esse tipo de planta não depende de nenhuma condição ideal em relação à luminosidade. Ou seja, ela pode ser colocada em qualquer lugar da sua casa.

Escolha bem o vaso

Para que as plantas artificiais se aproximem mais das opções encontradas na natureza, é importante ter atenção na escolha dos vasos em que serão colocadas. Opte por aqueles que contenham artefatos naturais, como pedrinhas e cascalhos para dar um toque mais “real”. Se desejar, para compor ainda mais o ambiente e dar aquela atmosfera bucólica, típica de casas do campo, misture as suas flores artificiais com algumas espécies naturais que não precisem de tanto cuidado.

Fique atento ao material

Para não prejudicar a decoração, é importante escolher com muito cuidado as plantas artificiais que serão utilizadas na sua casa. É importante ficar atento ao material em que foram produzidas, afinal, elas podem acumular muita poeira e devem ser limpas com bastante frequência por isso.

Uma das opções de materiais disponíveis é o silicone. Isso porque, além de não desbotar com muita facilidade, ele garante uma aparência exuberante e é bem fácil de limpar. Sem contar o fato de parecerem muito mais reais.

Ademais, opte por tons que sejam semelhantes ao das plantas naturais. Desse modo você evita uma aparência muito sintética e consegue uma bela composição, quase natural.

Faça você mesmo

Arranjos sob medida para ambientes internos, como quartos, salas, corredores e até mesmo nas mesas, são extremamente simples de fazer, mesmo para quem não tem muita experiência com o produto. Para confeccioná-lo, você vai precisar de:

um vaso,

- uma base de vidro

- espuma

- 5 galhos de vime torto

- 10 flores artificiais da sua escolha

- 5 folhagens artificiais

- uma tesoura.

Esses materiais podem ser encontrados com facilidade em qualquer loja especializada do mercado.

Encaixe a espuma para vaso sobre a base de vidro. Esteja atento para que ela fique bem fixada para impedir que se solte com facilidade.

Coloque a base no vaso já com a espuma encaixada e pegue 5 galhos de vime torto para colocar dentro do recipiente. Caso haja uma sobra, use a tesoura para cortar as pontas. O ideal é que cerca de 8 cm fiquem expostos.

Em seguida, fure a espuma com os galhos e deixe-os bem fixos à base. Repita o mesmo processo com as folhagens, sempre verificando se há algum excesso. Depois, fixe-as nas laterais da base. Deixe a área central livre para completar o arranjo.

Posteriormente, coloque as flores artificiais e corte os seus talos se ficarem muito altas no vaso. O próximo passo é encaixar os artigos nos locais que estão livres. Pronto! Um arranjo simples, fácil e sem muitos truques.



Fonte: Tags: arranjo, decorar com plantas artificiais, dicas para decorar, Flores, Paisagismo, planta


Postado Por: Alice Cavalheiro