Central de Atendimento: (55) 9926-8434 de segunda à sexta, das 8h às 18h

Quarto de criança: veja inspirações para fugir do tradicional

Com muita criatividade é possível acrescentar estilo desde cedo na vida dos pequenos

Há algumas semanas, estive na Casa Cor RS e me deparei com um quarto infantil cheio de identidade. O projetoFloresta Encantada, como o próprio nome já diz, nos transporta para outro universo. A proposta das arquitetas Lisandra e Luana Mundstock, do escritório Mundstock Arquitetura, possui layout inteligente e soluções divertidas para necessidades comuns desse tipo de dormitório. O trocador, por exemplo, é também uma cabana. Já a mesinha de desenho e estudo faz parte do tronco de uma árvore, e o “chiqueirinho” se transforma em sofá e cama de hóspedes para amiguinhos ou para a babá.  De forma muito delicada, as arquitetas nos mostram como brincadeira e criatividade podem ser integradas aos quartos infantis, fugindo das soluções padronizadas. 

Partindo dessa inspiração, reuni algumas dicas sobre como acrescentar bom design e boas ideias desde cedo na vida dos pequenos. Vamos lá?  

Fugir das cores tradicionais (rosa para meninas e azul para meninos) é um bom ponto de partida para quem busca uma nova proposta para o seu pimpolho. Nesse quesito, tons de cinza e bege são ótimas opções, já que, além de serem neutros e combinarem com quase todos os elementos decorativos, ficam bem tanto para meninos como para meninas. Para os mais “corajosos”, cores mais fortes como preto e azul-marinho também podem ser aplicadas nos cômodos, desde que combinadas com elementos leves e tonalidades mais claras. Uma boa alternativa, por exemplo, é aplicar pintura que dá acabamento de quadro negro em uma das paredes. Além de trazer um toque mais ousado ao quarto, o revestimento é superdivertido para as crianças, que poderão riscar na parede sem problema algum.

 

quarto-criança-infantil

Foto: SISSI AND MARLEY

 

quarto-criança-infantil

Foto: SISSI AND MARLEY

Outra dica interessante é pensar em um cantinho diferente, que dê à criança a ideia de um espaço só seu, onde possa criar o seu mundo. Como em apartamentos com metragens menores fica quase impossível proporcionar aos pequenos casas de boneca ou casas em árvores, verdadeiros clássicos da infância, que tal fazer uma releitura desses ambientes com uma “cabaninha”? Nessa linha, temos duas alternativas: a primeira com peças desmontáveis, que podem ser facilmente transportadas e modificadas sem grande investimento. Já a segunda opção seria ter um espaço fixo, integrado a algum móvel para essa função, por exemplo. Para ser mais viável, o ideal é que, ao ser projetado esse espaço, já se leve em consideração um possível uso futuro. Isso evita que todo o móvel precise ser substituído quando a criança for maior.

quarto-criança-infantil

Foto: Ferm Living

quarto-criança-infantil

Foto: Red Studio

Para os que querem acrescentar toques divertidos nos quartos infantis sem investir muito, minha dica é abusar deadesivos nas paredes e almofadas divertidas. Superversáteis, ambas as opções são baratas e podem ser trocadas com facilidade. Utilize estampas descoladas e muitas cores. Não tenha medo de fugir do padrão – solte sua criatividade. Seu filho vai adorar!

quarto-criança-infantil

Foto: Ferm Living

quarto-criança-infantil

Foto: Ferm Living

Colunista Andrya Kohlmann

 

 



Fonte: http://revista.penseimoveis.com.br/noticia/2014/08/quarto-de-crianca-veja-inspiracoes-para-fugir-do-tradicional-4584523.html


Postado Por: Alice